Texto  Mateus 6.25-27 – Não andeis ansiosos 

  Pense na palavra "preocupar". Ela vem literalmente do conjunto
do prefixo "pre" com o verbo "ocupar". Ou seja, é aquilo que ocupa,
que apodera-se da nossa atenção previamente. É o que nos ocupa
antes de qualquer outra coisa. O que pre-ocupa sua mente é o que
vem primeiro. O que pre-ocupa seu coração é o que tem prioridade.
Significa o que é mais importante. O que deveria ser primeiro em
nossos corações? Jesus. O que deveria ter prioridade nas nossas
mentes? Deus. Mas, o que pre-ocupa, o que tem prioridade, muitas
vezes são justamente estas coisas, o que vamos comer, o que vamos
vestir, a nossa saúde, etc. O que sufoca a semente do Evangelho não
é o diabo - são os cuidados com esta vida (Mt 13:22). Deus não nos
explica o que ele vai fazer, nem como ele vai cuidar de nós. Ele
apenas promete que vai. Sua maneira de confirmar que ele vai fazer
isso é de nos mostrar quem Ele é. Nosso Pai revela de todas as
maneiras o quanto Ele nos ama, sobretudo no sacrifício de seu filho
Jesus. Isso deve ser o suficiente. Não é o que Deus vai fazer que
precisamos saber - é quem Ele é. Quando você compreende quem Deus
é, você saberá o que Ele vai fazer para você e não terá motivo de
se preocupar. Procure Deus, procure conhecê-lo pessoalmente e você
saberá o que Ele vai fazer para você.

 Parte do nosso problema com os cuidados desta vida é que,
diferente das aves do céu, não estamos mais satisfeitos com a
semente que o Senhor coloca para nós - queremos outra marca, outro
tipo, algo novo. A mídia declara em todas as suas formas
(televisão, rádio, revistas e outdoors) e comprova com suas
campanhas insistentes que sempre tem algo "melhor". E lá vamos nós
correndo atrás. O que Jesus declara com suas palavras nesta
passagem é a inutilidade da preocupação com essas coisas. De fato,
a preocupação não só não produz nada de bom, ela nos prejudica de
diversas maneiras. Os médicos já demonstraram que a preocupação é
uma das principais causas de enfarte, úlceras, problemas gástricos
e doenças do sistema nervoso. Não somente não ganhamos nada com a
preocupação; nós perdemos. Perdemos sono, perdemos saúde e no final
das contas perdemos dias de vida que podiam ser desfrutados em paz
e contentamento, se não estivéssemos nos preocupando com coisas que
não podemos mudar. Não acrescentamos nenhuma hora a nossa vida.
Pelo contrário, perdemos horas de vida. Confie em Jesus. Ele já deu
sua vida por você, e agora Ele quer lhe dar uma vida bem melhor não
só no porvir, mas aqui e agora a partir de hoje. Confie em Jesus.

EXTRAIDO – HERMENEUTICA.COM

Copyright © 2017 - Igreja Evangélica Batista. Todos os direitos reservados.

Rua José Maria, 53 - Vila Rosa Pires - Campo Grande - MS, 79004-520